quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Carta ao meu filho

Um dia destes, enquanto saltitava pelo Facebook a fora, deparei-me com uma publicação de alguém, que incitava as pessoas a escrevem cartas aos filhos, para mais tarde lhe serem entregues. Achei piada, e também eu fiz o meu trabalho de casa.

Para o meu filho...
Não sei quanto tempo terá passado, até que esta carta te chegue às mãos. Mas sei que quando a leres, vai lembrar-te de todas as vezes que te chateei e te fiz ver que estavas errado, que o caminho era outro.
Que te tenhas tornado respeitador e que saibas também exigir o direito de o seres, porque filho, o respeito é q base de qualquer relação, seja ela do tipo que for.
Que sejas sempre verdadeiro, com os outros e essencialmente contigo. 
Não quero nada que te tornes passivo da tua vida, diz sim quando queres dizer sim, e não quando for essa a tua vontade.
Dá-te aos outros, para aqueles que gostam de ti e que reconhecem o teu valor, são esses que valem a pena ter por perto.
Nunca percas de vista os teus sonhos e os teus objetivos, luta por eles com todas as tuas forças, e nunca te esqueças que Deus protege os audazes.
Ignora sempre do teu coração, sentimentos como o rancor, ódio e inveja, porque a única coisa que estes sentimentos te irão fazer é dilacerar esse teu lindo coração. Não queiras tornar-te numa pessoa amarga e pobre de espírito!!
Desfruta da vida, amas as pessoas como se não houvesse amanhã e sê sempre tu!!!
Se hoje já transbordo de orgulho em ti, fará quando leres esta carta, porque aí já te terás tornado neste homem... eu sei!!!

Amo-te

Da tua mãe!

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Do bem...

Na maioria das vezes tudo o que precisamos é ter do nosso lado, pessoas que nos inspiram o bem, que nos dão a mão... e que nos fazem bem.
Perde-se demasiado tempo a invejar o que os outros tem, a gastar energia a desejar o mal.. quando do outro lado está o melhor com que se pode viver.
O ser bom não porque os outros estão a ver, mas sê lo porque nos faz sentir bem.
Ficar genuinamente feliz porque um amigo arranjou o trabalho que tanto quis ou o outro que foi ao Dubai de férias, em vez de lhe desejar uma valente dor de barriga(ou pior) porque são eles que tem e conseguem.
Não é porque passam a vida a injectar veneno ou a maldizer os outros, que a vida dessas pessoas vais melhorar, muito pelo contrário. Esses sentimentos corroem as pessoas.
Infelizmente o que mais temos é pessoas assim,algumas até bem perto de nós! Mas que saibamos estar sempre cientes daquilo que nos move.


Beijinho
mf

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Voltei!!!

Voltei à blogosfera, depois de uma pausa comprida. 
Não porque me faltaram as palavras ou por não me apetecer escrever, simplesmente porque a vida corre tão rápido, que quando damos conta já passou 1 ano, 2, 3...
Voltei e voltei em força, sem filtros (isto da idade é tramado. Disseram-me que passava com o envelhecimento, mas quer parecer-me que tende mesmo é a piorar), mas sabem ? Quero lá saber!!!!
Não sei quando será o fim, não quero e muito menos me apetece ir com algo entalado na minha garganta.
Deste espaço podem esperar desabafos, constatações e minhoquices. 


Beijinho 
mf